A maçonaria feminina: família, mercado de trabalho, liberdade reprodutiva e o papel da mulher nas mudanças sociais 13

Como construir a família na sociedade moderna a partir dos valores maçônicos? Direitos no Mercado de Trabalho. Liberdade Reprodutiva. Violência de Gênero. As mulheres como agentes de mudança social

Maria das Graças Monteiro de Castro

No Brasil a mulher já tem ingresso na maçonaria feminina, e a amazonense iniciou há 15 anos, através da associação paramaçônica Flor do Ocidente que fazia parte da social maçonaria masculina, e inconformada em  fazer parte apenas dos eventos sociais, foram convidadas pela irmãs da Gran Logia Maçônica Feminina dos Estados Unidos a fundarem a sua primeira Loja, em dia 08 julho de 1995 daí surgindo as outras lojas, transformando-se em GOFEB, GRANDE ORIENTE FEMININO DO BRASIL.

“É pelo trabalho que a mulher vem diminuindo a distância que a separa do homem, somente o trabalho poderá garantir-lhe uma independência concreta”. (Simone de Beauvoir)

No contexto histórico-social, o trabalho da mulher era visto como atividade complementar que as auxiliavam no sustento da família e quando acontecia viuvez tornavam-se mantenedoras do sustento familiar, com o que sabiam fazer; trabalhos manuais, bolos, doces etc.. Seus trabalhos eram desvalorizados, porém algumas conseguiram superar as barreiras e se destacaram como comerciantes, educadoras, profissionais liberais e outras.

Desde 1934 a mulher tem o direito social assegurado na Constituição Federal que estabeleceu a igualdade de salário para trabalho de igual valor corresponde para ambos os sexos; a proibição do trabalho feminino das 22 horas às 5 da manhã; a proibição do trabalho da mulher grávida durante o período de quatro semanas antes do parto e quatro semanas depois; a proibição de despedir a mulher grávida pelo simples fato de gravidez e a instituição do voto.

Dentre outras conquistas destacamos a ampliação da licença maternidade (4 e 6 meses), a proibição da discriminação sexual no trabalho, o direito a posse da terra em seu nome, a criação de delegacias e varas especializadas, a reforma do código civil, a aprovação da Lei Maria da Penha para fazer frente á violência doméstica e a todas as formas de violência contra a mulher e o direito a elegibilidade num percentual de 30%.

Atualmente, pequenos grupos de mulheres ocupam lugares de destaque, outra parte, executam tarefas importantes, e outra, dada a necessidade de sobrevivência, enfrenta toda espécie de trabalho, quase não existindo mais as chamadas profissões masculinas.

O Estado Democrático de Direito caracteriza-se por estar orientado por princípios e normas, legitimadas pela vontade popular que direciona as suas práticas políticas. Esses princípios e normas estão na Constituição Federal de 1988.

A incorporação pelo sistema jurídico brasileiro dos postulados internacionais reflete-se em uma nova forma de compreensão do fenômeno da reprodução e da sexualidade, por exemplo, na Conferência Mundial dos Direitos Humanos, em 1968, em Teerã, surgem os primeiros alinhavos sobre o que viria a se constituir, internacionalmente como direitos reprodutivos:

Capítulo 16.

Os pais têm o Direito Humano fundamental de determinar livremente o número de seus filhos e os intervalos entre seus nascimentos.

Outro exemplo disso foi o que ocorreu na Conferência sobre População e Desenvolvimento, realizada pela ONU em 1994, na cidade do Cairo/Egito, quando houve uma discussão muito importante sobre os temas da reprodução e da sexualidade, tendo como referência o impacto das políticas públicas no tamanho das populações e no desenvolvimento da sexualidade e reprodução.

Art.226. A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado

[...]

§ 7° – Fundado nos princípios da dignidade da pessoa humana e da paternidade responsável, o planejamento familiar é livre decisão do casal, competindo ao Estado propiciar recursos educacionais e científicos para o exercício desse direito, vedada qualquer forma coercitiva por parte de instituições oficiais ou privadas. (Constituição Federal do Brasil, 1988)


O governo federal não interfere na questão da reprodução, porém cria políticas públicas para informar e orientar os cidadãos da importância do planejamento familiar, no sentido de que não tenham filhos que não possam criar. Há distribuição de preservativos e a aplicação de DIU, nos postos de saúde, para as mulheres interessadas. Sabe-se também que agentes políticos invocam a necessidade de discutir o planejamento familiar dentre as contrapartidas do Programa Fome Zero.

O aborto é proibido e tipificado como crime contra a vida, no Código Penal Brasileiro.

A violência de gênero é um fenômeno construído e aprendido pelo ser humano que pode ser transformado, desde que sejam criadas políticas públicas adequadas, trabalho efetivo de prevenção eliminando a educação sexista e promovendo mudança das mentalidades.

No nosso país houve grande evolução na questão de gênero, de 1990 para cá, porém, muitas mulheres, por medo, ou desconhecimento dos seus direitos, ainda sofrem violência doméstica.

O grande desafio da mulher como agente transformador e maçona, neste século, é cultivar o direito á liberdade, igualdade e fraternidade, no contexto que se apresenta a sociedade atual, sem perder a sua condição de gênero, lutando pela melhoria da humanidade, especialmente pelo seu reconhecimento em todos os âmbitos sociais e pela preservação dos laços familiares, tudo de acordo com a Constiuição Federal e as leis do país, a Constituição e as normas da Maçonaria Universal.

About these ads

  1. Estou pequisando a maçonaria a algum tempo,e a única coisa q descobrí
    é uma sociedade secreta masculina responsável pelo desevolvimento,gostaria de obter informações mais objetivas,o que são trabalhos maçons,o que acontece nesses trabalhos e qual a sua finalidade,como funciona a sociedade feminina?

  2. Pelo que sei as Lojas da Maçonaia Feminina são todas expúrias, portanto, NÃO reconhecidas pelas potências. NÃO SÀO MAÇONS!

  3. A maçonaria pode ser Masculina, Feminina ou Mista, faço parte de uma potencia Mista aqui na Bahia, mas posso de antemão dizer-lhe com todas as prerrogativas inerentes ao meu grau, que nada é diferente das maçonaria smascuninas, predominantes no Brasil. Somos livres e de bons costumes, somos sensíveis ao bem e procuramos tornar feliz a humanidade. Costumo dizer que a inteligência e o coração não se diferencia do homem para mulher a questão do gênero serve ao propósito de alguns exemplares do sexo masculino manterem a supremacia através da força e da opressão, no smais EVOLUÍDOS, rege a prática do AMOR Fraternal.
    qualquer dúvida estamos em contato no blog: http://www.grandemmba.blogspot.com ou através do email grandemmba@hotmail.com

  4. não tem muito tempo que ando pesqiuisado sobre maçonaria,mas. acredito que seja tipo algo que possa ajudar ao nosso próximo…quero muito conhecer uma coisa a mais sobre os mações; pois me parece ser interessante!!!

  5. Olá boa tarde, como faço pra participar?
    não participo de nenhuma outra igreja, instituição e ceita. como a maçonaria foi a qual me identifiquei mais, gostaria muito de participar.
    agradeço pela atenção.

  6. boa tarde George, gostaria de saber a respeito de seu posicionamento sobre um concurso publico q prestei aqui em Rondonia, de agente penitenciario, é o seguinte, tivemos teste fisico, depois teste psicologico, o que muitos vieram a reprovar, no entanto apos o teste psicologico eu fiquei bem dentro das vagas, e acontece q muitos entraram com mandado te seguranca, ja houve a primeira academia do curso de formaçao, ganharam a liminar e fizeral, so que agora na segunda academia, nao chamaram o remanescente das vagas pra fechar o quadro, pois estao esperando sair a resposta da justica quanto a estes MS, dizendo q eles tem a prioridade, na minha opiniao q tem prioridade é quem passou, nao é?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s