Sancionada lei que impede ocupar duas vagas em universidade pública 3

JUSTIcaSancionada nesta  quinta-feira (12), a Lei 12.089/09, que veda que um estudante ocupe mais de uma vaga de graduação em universidades públicas simultaneamente.

Se a universidade constatar que um aluno está matriculado em dois cursos na própria instituição ou em instituições diferentes, terá que pedir ao aluno que escolha um deles no prazo de cinco dias. Se ele não escolher, será cancelada a matrícula mais antiga quando os cursos forem em instituições diferentes; ou a mais nova, quando for na mesma instituição. Além disso, os créditos adquiridos no curso onde a matrícula foi cancelada serão considerados nulos

A nova lei não se aplica a quem já estava cursando dois ou mais cursos antes de sua vigência.

Com esta medida, espera-se uma maior e mais justa distribuição das vagas nas universidades públicas. Será?

Estima-se que apenas um terço das vagas de ensino superior hoje são oferecidas pela rede pública. E que a grande maioria dos ocupantes desta são oriundos de escolas particulares e pertencentes as camadas mais altas da pirâmide econômico-social.

Como efeito prático entendo que favorecerá as elites.

Que tal implementar medidas que melhorem a qualidade do ensino médio e fundamental nas escolas públicas?

Discordo da discriminante política de cotas. A oportunidade não deve ser considerada pela cor da pele, mas pela condição econômica.

  1. É cota para negro, índio, deficiente fisico, regional (para os naturais do Estado).
    Éu tenho culpa de ter nascido branco e de ser plebeu (classe média assalariada). O que estou sofrendo não é discriminação?
    No final sobram pouquissimas vagas para eu concorrer

  2. É mais facil tirar as vagas de quem foi capaz de passar em mais de um vestibular e entregar a um (editado) que só entra pelas cotas e mal sabe desenhar o proprio nome do que melhorar o ensino fundamental e medio para da oportunidade do cara passar por conta propria ou ate mesmo criar numeros de vagas suficiente que atenda a pelo menos quem realmente deseja entrar na faculdade, como era antigamente sem cotas e discriminação…

    É o famoso dá o peixe e não ensinar a pescar… Etahh Brasilzãoo véi!!!!

    Tomara que esse Senador/Deputado seja lá o q ele for continui sendo bem votado pra poder pagar as faculdades particulares dos filhos… netos… (editado)…

  3. Uma lei como esta so confirma o desinteresse de quem esta na direçao de uma nação e nao quer ver um ensino suerior de qualidade.aumentar a quantidade de vagas nas universidades e dar suporte logistico aos cursos ja existentes e estruturar as decadentes universidades e voltar o ensino superior para seu objetivo real que e´a pesquisa e extensao e nao dar suporte financeiro aos donos de instituiçoes privadas como vem sendo feito desde o acordo MEC-USSAID, onde o objetivo era formar pessoas para atuar em prol do capital. ta na cara que a classe dominante nao quer uma massa critica, isso incomoda, entao um pessimo ensino continuara aumentando a quantidade de cidadaos pessimamente formados e passivos e a classe dominante continua sua perpetuaçao no poder e tudo bem! que sejam aprovadas as cotas e a lambança esta completa!como diz Bruno latour”o navio esta sem rumo” e de um lado estao interesses individuais colocados acima de tudo! um abraço a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s