No Amazonas não existem só índios 20

Criticamos os estadunidenses quando eles dizem que a capital do Brasil é Buenos Aires, que aqui só tem favelas, PCC, futebol e carnaval. Respondemos que eles são ignorantes, desinformados,  não enxergam um “palmo diante dos olhos”,  desconhecem geografia, economia,  e nunca viram a beleza e o desenvolvimento de nosso País.

Saindo do cenário internacional para o local, qual a imagem que o Brasil tem do Amazonas e seus habitantes? A de que todos somos silvícolas, que vivemos  no meio da floresta, andamos de canoa,  e convivemos com cobras, onças e jacarés em nosso dia-a-dia. Mutatis mutandi, nós amazonenses poderiamos dar as mesmas respostas: as pessoas que assim falam ou pensam são ignorantes…

Esta semana, um magistrado de Recife fez um comentário que me deixou contrariado: “você não parece amazonense. Não tem  “cara de índio”. A devida resposta não foi dada por respeito aos nordestinos, que também são estereotipados.

Neste momento, estou vendo o “Globo Reporter” cuja matéria mostra como vivemos no Amazonas, contudo, não falam de Manaus (8a mais populosa e 6o maior PIB do País), nem de Parintins e sua internacionalmente conhecida “Festa do Boi”, de Itacoatiara, Manacapuru, Humaitá (a princesa do Rio madeira), Tefé, Tabatinga, Maués…apresentam para os que assistem apenas comunidades ribeirinhas, indígenas, e a falsa impressão de que em todas as nossas cidades o modus vivendi seria similar.

Paranóia, ou não, vislumbrar nestas reportagens  mensagens subliminares de discriminação em relação aos Estados amazônicos?

Manaus

Fotos de Manaus/Am

  1. Esta discriminação estende-se para o Acre, Rondônia, Amapá, Roraima, e também para o Pará.
    Do nordestino falam que são retirantes invasores do Sul, mortos à fome, que vivem nas caatingas do sertão, vestindo roupa de cangaceiro. Quem conhece o Nordeste sabe que não é nada assim. Fico admirado deste Juiz ter feito este comentário. Usando do mesmo veneno que os sulistas usam contra eles.

  2. É George…volta e meia tenho que ouvir a mesma coisa: Como? Você, amazonense? Nem parece…Tão branca, alta….nem parece índia!!! Ninguém merece. Por conta disso, minha filha (que tem apenas 11 anos) tem certa vergonha de dizer que é amazonense, porque diz que não suporta mais ouvir que aqui só tem índio…

  3. Pingback: Tweets that mention No Amazonas não existem só índios « Consciência e Vontade -- Topsy.com

  4. Colega,

    – Sobre o caráter “bitolado” da reportagem de “O Globo Repórter”, há um detalhe: ela foi produzida pela própria filial local (Amazonas) da Rede Globo e, ainda por cima, a repórter-âncora é uma famosa jornalista de Manaus-AM.
    – Pois é… “na casa de ferreiro, o espeto é de pau”.

    PS: ademais, o gentílico “americano” pode ser designado a todos nóis, enquanto nascidos no continente americano. Prefiro o gentílico “estadunidense”… tal como fazem os falantes de língua espanhola.

  5. Ivania, discordando do Sérgio Cavalcante, penso que toda “brincadeira” eivada de discriminação (racial, econômica, regional…) é de mau gosto. A prova é a tristeza que sua filha passa com este tipo de comentário.

    Caro Reyson, agradeço a sua presença assídua no meu blog, respeito muito a sua opinião.
    Coloquei no texto o termo “americanos” mas fiz uma referência entre parênteses para os EUA. O objetivo foi e sempre será a de tentar usar uma linguagem comum. Diante de sua observação, fiz a utiliação do gentílico correto.

    Com relação a Rede Amazônica, …

    Confesso que este assunto de deixa irritado!

    Um abraço para os amigos Ivania e Reyson e a todos os que postaram.

  6. Eu “si” divirto quando fazem estas perguntas ^^

    – Vc vai de bambu para o trabalho ?
    – Tem muitos macacos nas ruas ?
    – Já viu algum tigre pela rua ?
    – Tu tem carro ou anda de canoa ?
    – Tem INTERNET ae no amazonas ?

    ai aiiiii … Qual parte do livro de história estes jovens tolos deixaram de ler ?!

    =/

    é o brasil sil silll

  7. Já estou cansada de ver a TV falar dos nortistas e sempre dizer que somos todos índios e que só nos alimentamos de farinha e peixe. Isso é uma falta de respeito conosco. E se querem saber somos muito saudáveis com nossos hábitos alimentares que são muito diferentes do que fala a mídia.

    • Pois éh moro no Am. Já ouvi muitas pergutas bobas como,como vc consegue falar português vc não é india?!. Omg dai me paciciencia,tipo as pessoas acham que só vive indio p’ra cá.

      Sou de: Boca do Acre Am Br

      Bju

  8. Poiser!!!tambem ja estou cansado dessas emissoras de TV so mostra mato e indios ak no amazonas.Pois nos manauara temos uma capital,que é linda.
    Acho q essas pessoa estao muito mau informadas sobre a regiao norte do Brasil.
    Juntos pela AMAZONIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1E AMAZONAS,PARÁ.ACRE.RORAIMA,RONDONIA,TOCANTINS,AMAPA.

    MANAUS CIDADE MORENA DO NORTE DO BRASIL

  9. Caro George,

    Aproveito essa ocasião para alertá-lo de que estou com muita dificuldade de acessar o seu blog. Todas às vezes que tento, sem sucesso, dá a seguinte mensagem: “Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.”

    Depois de muito tentar, hoje consegui. Mais continua dando a mesma mensagem, principalmente nas atualizações que recebo, sempre que o amigo disponibiliza um novo artigo.

    Um forte abraço!

    Nilton Cezar

  10. A única coisa que gostei da matéria foi pela, remota, possibilidade do CNJ entender mais as nossas dificuldades, de juízes do interior, em responder aos incontáveis relatórios, pesquisas, etc. que nos pedem diariamente.
    E ainda falam: “urgente”, “manda por internet mesmo, não tem problema”, “não é possível que não tem internet aí”, e outras coisas parecidas.
    Não assisti ao programa completo, logo não sei onde foram realizadas as filmagens, mas recentemente estive na minha comarca, recém removido, e pude testemunhar o sofrimento do povo ribeirinho. É triste!
    O País deve prestar mais atenção à SUA população.
    Milhares de pessoas sofrendo anualmente com a falta de estrutura e assistência.
    E querem que o juiz fique, às margens dos rios, para levar essa assistência e estrutura. Se quem deve fazer, que possui a função primordial para tal, não faz e empurram pro judiciário assumir essa responsabilidade.
    Não é certo com o povo e conosco.

  11. O Acre pode ser um ponto pequeno no planeta, mas o que faz a diferença é que nós não estamos esperando por ninguém para fazer o nosso papel. E é isso que convence.
    desenvolvimento sustentável essa é a diferença.

  12. Acho que as pessoas que não tem conhecimento são assim ´´burras´´,nós manauaras somos muito felizes na nossa região metropolitana´nossa zona franca, nosso pólo industrial, nossas grandes empresas,e também no nosso novo estádil para a copa do mundo.Todos os anos temos o festival amazonas de opera

  13. Eu sou Manauara e vim morar em Maceió (AL), no primeiro dia de aula na escola nova, uma garota me perguntou se em Manaus só haviam índios e se nós morávamos em uma oca, como percebi que ela tinha essa impressão por pura ignorância, eu pacientemente respondi que não, que nós tínhamos sim uma grande floresta e municípios pequenos no interior do estado mas a capital era uma cidade grande, bem maior do que Maceió e que essa é a impressão que as pessoas tem pois é só o que a mídia mostra, ela não se preocupa em mostrar o resto, quando eles vão no Amazonas eles vão logo mostrando aldeias e tribos indígenas que a propósito ficam bem afastadas da cidade, mostram pessoas comendo larvas e comidas nojentas, mas não mostram outras comidas regionais que certamente são bem mais saborosas e apresentáveis, como o Tambaqui, ou o x-caboquinho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s