Imagine (você consegue?) 2

Irã, Coréia do Norte, Iraque, terrorismo, aquecimento global, drogas, violência, fanatismo e discriminações de qualquer espécie,  corrupção, fome…

Quantas notícias negativas diariamente nos bombardeiam a mente e afligem os nossos corações.

Isto sem falar nos conflitos no seio familiar e no ambiemte de trabalho.

Então, será que é impossível acreditar em um mundo com menos:

fronteiras sociais ou raciais?

Cobiça, ganância  e avareza?

Religiões (do homem) que dividem?

Fome e violência?

Com  mais paz e solidariedade?

Reflitamos!

Nem tudo é só espinhos,  pois temos as rosas.

No campo há o joio e também o trigo.

Várias notícias boas, mas não divulgadas.

Inúmeros anônimos “bons samaritanos”  e suas ações altruístas…

Todavia, se pelos grilhões do pessimismo abalarmos nossa fé e esperança  e passarmos a ver  esse mundo como utópico, seria possível momentaneamente  nos tornamos sonhadores?


“Embora nínguem possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim” (Chico Xavier)