CARNAVALIZAÇÃO 1

CARNAVALIZAÇÃO

Eles estão lá, do trio-elétrico correm atrás

Com suas fantasias e com os seus abadás

O pecado é perdoável na nossa pátria louca

Para esquecer tudo basta um “Beijo na Boca”

É a carnavalização da fome e da corrupção

Do nepotismo, analfabetismo, da estagnação

Da mortalidade infantil, da gente vil, da pedofilia

Do lixo sem destino, do assalto de todo dia

É a carnavalização das drogas e do menor infrator

Dos preconceitos de classe, de credo e de cor

Do velhinho abandonado e da juventude alienada

Do genocídio dos índios e da Amazônia desmatada

É a carnavalização de toda sorte de criminalidade

Da nossa vergonha histórica repleta de maldades.

Sorria! Que é só alegria no paraíso da impunidade!

Que trabalho escravo? Aqui é o país da igualdade!

Tudo termina em axé, nem tudo aqui vai mal

Tudo termina em samba, tudo acaba em carnaval!

E o povo dançando, o povo cantando…

No Brasil atual de um Brasil colonial.

Autoria do poeta humaitaense (AMAZONAS) Junivaldo Sá de Lima

Um Comentário

  1. Junivaldo esse garoto ja merece reconhecimento. eu o conheço desde os tempos da faculdade e ele fazia a diferença sempre desligado do mundo mas por dentro de tudo. figurassa… um sonhador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s