Thury é eleito presidente da AMAZON Resposta

Desembargador Aristóteles Lima Thury

Desembargador Aristóteles Lima Thury

Em uma eleição acirrada, no último dia 03/07 o Desembargador Aristóteles Lima Thury foi eleito o novo presidente da Associação dos Magistrados Amazonenses (AMAZON). O pleito contou com a participação de 205 eleitores.

Com os votos de 204 magistrados (contra 201 dados ao candidato Carlos Zamith Junior), Thury a partir da segunda quinzena de agosto conduzirá o “timão”  de uma entidade de classe que vem sendo criticada pelo  completo estado de “inação” na defesa dos interesses de seus associados.

Comemorando a vitória o novo presidente prometeu resgatar os direitos, a auto-estima e a credibilidade dos magistrados amazonenenses.

Do outro lado, embora não tendo vencido (ainda) a disputa para a presidencia da AMAZON  o colega Carlos Zamith  registrou  a confiança de 50% dos magistrados votantes. Fruto do respeito e admiração que possui entre os membros da Magistratura.

Destaco as excelentes propostas apresentadas pela chapa “Democracia e Justiça” que se implementadas pela nova Direção trarão grandes benefícios para a classe, tais como: a) assento e voz em todas as reuniões administrativas do TJAM; b) participação na discussão orçamentária da Corte; c) criação de cargos de assistente judiciário no interior e de assessores para os Juízes de Direito dos Juizados Espaciais da capital; d) buscar a criação de novas varas na capital e vagas de Desembargador com o objetivo de melhorar a prestação jurisdicional de nosso Estado; e) buscar convênnios de saúde, farmácias, faculdades, colégios, companhias aéreas, etc f) criar uma cooperativa de crédito dos Magistrados; dentre outras.

SUCESSO PROFESSOR THURY.

Eleições para a AMAZON Resposta

No próximo dia 03 de julho, os Magistrados do Amazonas irão escolher os novos dirigentes da AMAZON (Associação do Magistrados Amazonenses). Duas chapas possuem reais chances de vitória. Uma encabeçada pelo Desdor. Aristoteles Lima Thury e a outra pelo Juiz de Direito Carlos Zamith Jr. Ambos, gozando de inabalável prestígio junto aos seus pares.

Mas o que é e para que serve a AMAZON?

Ainda não descobri.

Atualmente, só a vejo como organizadora de”jantares de fim de ano” e “distribuidora de boletins”.

Onde estava e o que fez a AMAZON quando Juízes foram agredidos, tiveram suas casas invadidas ou  suas decisões judiciais ilegalmente ignoradas por autoridades administrativas policiais?

Minha filiação permaneceu até hoje por ser  condição necessária para ingressar na AMB. Nada mais!!!

Meu candidato?

Será aquele:

a) que defender os interesses institucionais da Magistratura e de seus filiados;

b) que tiver voz ativa na Administração do Judiciário Amazonense;

c) que tratar isonomicamente Desembargadores, Juízes da capital, do interior e aposentados

d) que lutar pelos direitos e prerrogativas dos membros que representa;

e) que buscar ser muito mais que uma entidade de classe,  a exemplo da Associação dos Magistrados Brasileiros, saindo na defesa da democracia, da cidadania e da dignidade da pessoa humana.

E este escolhido seria um dos dois pretendentes?

Não sei.  Mas se um deles se propuser a realizar nos dois anos de mandato  uma das “alíneas” citadas, será uma grande opção de voto.